domingo, 31 de janeiro de 2010

Morre o escritor Wilson Martins, aos 88 anos, em Curitiba

Foto: Divulgação


O escritor e crítico literário Wilson Martins, de 88 anos, morreu no sábado (30), em Curitiba, em decorrência de complicações de uma cirurgia para a retirada da bexiga. Ele estava internado no Hospital Nossa Senhora das Graças.


O velório está sendo realizado na capela 3 do Cemitério Luterano, ao lado do Estádio Couto Pereira. Após as 17h, o corpo do escritor será encaminhado para o Crematório Vaticano, onde será cremado em cerimônia reservada à família.


Wilson Martins é autor da obra em 12 volumes “História da Inteligência Brasileira”. Entre outras obras estão “A Idéia Modernista”, “A Crítica Literária no Brasil” e “A Palavra Escrita”.


Wilson Martins nasceu em São Paulo, em 1921. Tornou-se professor de literatura francesa na Universidade Federal do Paraná e deu aulas de literatura brasileira em universidades dos Estados Unidos. Na Universidade de Nova York ele trabalhou por 26 anos, em que se tornou professor emérito, e se aposentou em 1992.


Martins foi colunista dos jornais “Jornal do Brasil”, “O Globo” e a “Gazeta do Povo”. O crítico recebeu prêmios como o Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, por duas vezes, por volumes do livro “História da Inteligência Brasileira”, e o prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, em 2002, pelo conjunto de sua obra.


G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário