sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Chefe militar da Al Qaeda no Iêmen morre em ataque

Seis dirigentes da Al Qaeda na Península Arábica, entre eles o chefe militar da organização, Qassem al-Rimi, morreram nesta sexta-feira em um ataque aéreo no norte do Iêmen, anunciou à AFP uma fonte do governo iemenita.

Além de Rimi, morreram no ataque Ammar al-Waili, Ayedh al-Chabwani e Saleh al-Tais, destacou, sem identificar as duas outras vítimas.

O ataque foi em Lagacher, uma região desértica a leste da província de Saada, e teve como alvo oito membros da Al Qaeda, acrescentou a fonte.

"Dois deles conseguiram fugir", lamentou, afirmando que "a caça aos terroristas da Al Qaeda vai continuar" e que "o governo utilizará todos os meios possíveis para erradicar o terrorismo no território iemenita".

UOL Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário