segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Ator francês Bernard-Pierre Donnadieu morre de câncer aos 61 anos



O ator francês Bernard-Pierre Donnadieu, que há anos batalhava contra um câncer, morreu em Versailles aos 61 anos, informou nesta segunda-feira (27) a imprensa local.

Donnadieu, que fez sua última aparição cinematográfica em 2009 em "Paris 36", do diretor Christophe Barratier, trabalhou ao longo de sua carreira com diretores como Roman Polanski, Claude Lelouch e Jean-Jacques Annaud, entre outros.

Sua consagração veio em 1981, quando trabalhou junto com Jean-Paul Belmondo em "O profissional", de Georges Lautner, em que interpretou o inspetor Farges.

Entre seus reconhecimentos se destacam o prêmio de melhor ator do Festival de Madri, em 1989, por seu trabalho em "O silêncio do lago", de George Sluizer.

Morreu hoje: cantora americana Teena Marie

Morreu hoje: cantora americana Teena MarieA cantora de R&B Teena Marie, mais conhecida pelos hits da década de 80 "Lovergirl", "Ooo La La La" e "Lead Me On", morreu na noite do último dia 25, enquanto dormia, em Los Angeles. Ainda não são conhecidas as causas da morte da artista, que tinha 54 anos.

O primeiro disco de Teena, Wild and Peaceful, lançado em 1979, foi escrito com seu mentor, Rick James, que fez um dueto com a cantora em seu primeiro single de sucesso, "I'm a Sucker for Your Love". A gravadora Motown, que raramente contratava artistas brancos, não colocou a foto de Teena na capa do disco - o que levou o público a acreditar, durante muito tempo, que ela era negra.

Mary Christine Brockert nasceu em Santa Monica e começou a se apresentar ainda jovem, aparecendo em um episódio da série Beverly Hillbillies como uma dançarina de sapateado quando tinha apenas 8 anos. Ela foi contratada pela Motown, por Berry Gordy, quando tinha 19 anos, embora nenhuma música tenha sido lançada durante quase três anos, enquanto ele tentava decidir que tipo de som deveria dar a ela. "Um dia [Rick James] estava andando pelo corredor e eu estava sentada no escritório do Stevie Wonder", Teena lembrou em uma entrevista, em 2009. "Eu sempre ficava lá tocando o piano dele e cantando. Rick apareceu e começamos a conversar, e depois disso nós nos tornamos amigos muito próximos."

Rick James contribuiu muito para o primeiro álbum de Teena, com influências da disco music, mas eles trabalharam pouquíssimo juntos nos anos seguintes. Teena Marie lançou mais três álbuns pela Motown, mas em 1982 ela entrou em uma disputa legal com a gravadora - e ganhou um processo que decretou ser ilegal a prática de gravadoras de manterem seus artistas sob contrato sem lançar seus trabalhos. O episódio se tornou conhecido como "Iniciativa Brockert", em homenagem ao sobrenome de Teena. "Não foi algo que me propus a fazer", ela contou ao jornal Los Angeles Times em 2004. "Eu só queria sair da Motown e ter uma vida boa. Mas isso ajudou um monte de gente, como Luther Vandross e o Mary Jane Girls e um monte de artistas diferentes a terem a possibilidade de deixarem seus contratos."

Depois do processo, Teena Marie assinou contrato com a Epic e lançou uma série de hits de R&B, incluindo "Ooo La La La", "Work It", "Here's Looking At You" e "Lovergirl", que chegou ao número 9 da parada da Billboard. Ela parou por um bom tempo nos anos 90 para criar sua filha, mas em 2004 voltou com o álbum La Dona, que teve contribuições de Common, Birdman, Gerard Levert e do próprio Rick James. Foi a última gravação de James antes de morrer.

O último disco de Teena, Congo Square, foi lançado em 2009.

Relembre abaixo as músicas "Lovergirl" e "Ooo La La La":

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Morre o maestro Zezinho do programa 'Qual é a música?', do SBT

Maestro ZezinhoMaestro Zezinho morreu na tarde de quinta-feira, aos 78 anos. O músico José Batista da Silva Júnior, mais conhecido como o Maestro Zezinho do programa "Qual é a Música?" era figura tradicional do SBT. Maestro Zezinho foi internado há cerca de 40 dias no hospital Total Cor, em São Paulo, após sofrer um enfarte. Seu enterrro acontecerá na tarde desta sexta-feira, no cemitério Parque da Cantareira, em São Paulo.

O músico era o comandante do quadro "Leilão das notas musicais", do programa "Qual é a música?", apresentado por Silvio Santos, que sempre o convocava com o bordão "Quantas notas, maestro Zezinho?". Zezinho e Silvio se conheceram quando trabalhavam juntos na Rádio Nacional, nos anos 60. O maestro dirigia dirigia a orquestra do SBT e é o dono do arranjo de "Silvio Santos vem aí", tema do "Show de Calouros" da emissora.

O SBT publicou uma nota em que lamentou a morte do Maestro Zezinho, considerado "parte da história do SBT e da vida de Silvio Santos".

Morre Orestes Quércia em São Paulo

Morre Orestes Quércia em São PauloMorreu na manhã desta sexta-feira (24) o ex-governador de São Paulo Orestes Quércia, aos 72 anos, informou a assessoria do hospital Sírio Libanês, onde ele estava internado para tratar de um câncer na próstata.

No início de setembro, Orestes Quércia teve diagnosticado um tumor de próstata que havia sido tratado há mais de dez anos. Dias depois, o peemedebista desistiu de sua candidatura ao Senado para tratar a doença.

O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, chegou por volta das 10h ao hospital após ser informado da morte de Quércia. "Visitei o Quércia há três dias no hospital, mas ele já não reconhecia as pessoas", comentou Alckmin, que durante a campanha para as eleições de outubro teve a companhia de Quércia em vários compromissos eleitorais. Segundo a assessoria de imprensa do ex-governador, o estado de saúde de Quércia piorou muito na quarta-feira (21), e se agravou nesta madrugada.

O velório de Quércia será no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, em horário a ser divulgado. De acordo com a assessoria do ex-governador, o enterro será neste sábado (25) no Cemitério do Morumbi, na Zona Sul de São Paulo.

Leia mais sobre Orestes Quércia no G1

Morre Orestes Quércia em São Paulo
Morre Orestes Quércia em São Paulo
Morre Orestes Quércia em São Paulo
Morre Orestes Quércia em São Paulo

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Atriz Lupe Gigliotti, irmã de Chico Anysio, morre no Rio

Atriz que morreu hoje: Lupe GigliottiA atriz Lupe Gigliotti, irmã de Chico Anysio, de 84 anos, morreu neste domingo no Rio de Janeiro. A informação da morte foi dada pela assessoria do humorista Chico Anysio, irmão da atriz.

Ela se recuperava de um câncer de pulmão e morreu em sua casa em Copacabana.

Maria Lupicínia Viana de Paula nasceu em julho de 1926 em Maranguape, no Ceará.

Também formada em Direito, Lupe começou a atuar no teatro, na televisão e no cinema na década de 1960. Foram 17 papéis no teatro e 19 em novelas e seriados. No cinema, ela atuou em 11 filmes.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Cineasta italiano Mario Monicelli morreu hoje aos 95 anos

Mario MonicelliO cineasta italiano Mario Monicelli, de 95 anos, suicidou-se nesta segunda-feira (29), atirando-se da janela do hospital San Giovanni de Roma onde estava internado, anunciou agora à noite a agência Ansa.

Entre suas obras-primas, Monicelli deixa para a posteridade filmes como "L'Armata Brancaleone" (O exército de Brancaleone), "Quinteto irreverente", "Meus caros amigos".Monicelli nasceu em 15 de maio de 1915 em Viareggio, na Toscana, onde passou toda a infância.

"I soliti ignoti" (Os eternos desconhecidos), de 1958, apresenta um elenco especial, composto por Vittorio Gassman, Marcello Mastroianni e Claudia Cardinale, sendo considerado o primeiro filme do filão da 'commedia all'italiana'.

Em 1959, seu filme "La grande guerra" ganhou o Leão de Ouro do Festival Internacional de Cinema de Veneza, rendendo ainda sua primeira indicação ao Oscar. A segunda viria em 1963, com "I compagni".

Trabalhou com os maiores atores da Itália, como Vittorio De Sica, Sophia Loren, Marcello Mastroianni, Vittorio Gassman, Ugo Tognazzi, Anna Magnani, Alberto Sordi, ma anche Nino Manfredi, Paolo Villaggio, Monica Vitti, Enrico Montesano, Giancarlo Giannini, Philippe Noiret, Giuliano Gemma, Stefania Sandrelli, Gian Maria Volonté e Leonardo Pieraccioni.

domingo, 28 de novembro de 2010

Morre hoje o ator canadense Leslie Nielsen

ator que morreu hoje: Leslie NielsenO ator Leslie Nielsen, do filme "Corra que a polícia vem aí" (1988), morreu neste domingo (28) aos 84 anos em um hospital de Ft. Lauderdale, no estado americano da Flórida. O canadense teria morrido de complicações devido a uma pneumonia.

A notícia foi divulgada pela rádio canadense CJOB, com informações de um sobrinho de Nielsen.

Nielsen foi um dos protagonistas do clássico "O Planeta Proibido", de 1956, no qual interpretou o capitão da nave espacial. Depois, estrelou "O Destino do Poseidon", de 1972.

Mas ator é lembrado especialmente por seus papéis cômicos em filmes como Apertem os cintos, o piloto sumiu!" (1980), "Corra que a polícia vem aí" (1988) – e as sequências "Corra que a Polícia Vem Aí 2½" (1991)" e "Corra que a Polícia Vem Aí 33⅓" (1994) –, "Drácula - morto, mas feliz" (1995), "Duro de espiar" (1996), "Mr. Magoo" (1997), além de ter participado da série "Todo mundo em pânico".

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Tricampeão mundial, surfista Andy Irons morre nos EUA

surfista Andy Irons
Surfista havaiano, 32 anos, teria sido vítima de virose contraída em Portugal

O americano Andy Irons, tricampeão mundial de surfe em 2002, 2003 e 2004, morreu na manhã desta terça-feira. A notícia foi confirmada por veículos de imprensa dos Estados Unidos, mas a causa do óbito ainda não é oficial.

Suspeita-se que Irons, 32 anos, tenha contraído virose ou dengue em Portugal, o que o deixou muito doente. Ele estava em Porto Rico desde sábado para participar do Rip Curl Pro Search; porém, sem condições de deixar o hotel para competir, decidiu retornar aos EUA.

O surfista estava a caminho do Havaí, onde morava, mas morreu antes de chegar ao destino, em um hotel de Dallas. Exames mais detalhados deverão confirmar o que causou o óbito do esportista.

Andy Irons, grande destaque ao longo da década, era um dos principais rivais do eneacampeão Kelly Slater na modalidade. Ao longo da carreira, conquistou quatro vezes a Tríplice Coroa Havaiana (2002, 2003, 2005 e 2006), além de ter vencido 19 etapas da ASP World Tour.

Tricampeão mundial, surfista Andy Irons morre nos EUA

surfista Andy Irons
Surfista havaiano, 32 anos, teria sido vítima de virose contraída em Portugal

O americano Andy Irons, tricampeão mundial de surfe em 2002, 2003 e 2004, morreu na manhã desta terça-feira. A notícia foi confirmada por veículos de imprensa dos Estados Unidos, mas a causa do óbito ainda não é oficial.

Suspeita-se que Irons, 32 anos, tenha contraído virose ou dengue em Portugal, o que o deixou muito doente. Ele estava em Porto Rico desde sábado para participar do Rip Curl Pro Search; porém, sem condições de deixar o hotel para competir, decidiu retornar aos EUA.

O surfista estava a caminho do Havaí, onde morava, mas morreu antes de chegar ao destino, em um hotel de Dallas. Exames mais detalhados deverão confirmar o que causou o óbito do esportista.

Andy Irons, grande destaque ao longo da década, era um dos principais rivais do eneacampeão Kelly Slater na modalidade. Ao longo da carreira, conquistou quatro vezes a Tríplice Coroa Havaiana (2002, 2003, 2005 e 2006), além de ter vencido 19 etapas da ASP World Tour.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Morreu hoje: ex-presidente argentino Néstor Kirchner

Néstor Kirchner morreu


Quem morreu hoje foi o ex-presidente argentino Néstor Kirchner. Aos 60 anos, Kirchner sofreu uma cardiorrespiratória nesta quarta-feira, 27 de outubro de 2010.

Ele assumiu a presidência da Argentina em 25 de maio de 2003 e governou até 10 de dezembro de 2007.

Néstor Kirchner, que em 2009 foi eleito deputado, foi também prefeito de Río Gallegos entre 1987 e 1991 e governador de Santa Cruz de 1991 a 2003.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Morre em São Paulo o senador Romeu Tuma

Morreu hoje: Romeu Tuma
Romeu Tuma, do DOPS, deixa a Auditoria Militar após depor contra os réus


Morreu hoje: Romeu Tuma
Do G1 - O senador Romeu Tuma (PTB), 79 anos, morreu na tarde nesta terça (26) em São Paulo. A informação foi confirmada por um dos filhos dele.

Tuma estava internado desde setembro no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Neste mês, o senador passou por uma cirurgia para implantação de um coração artificial, devido a uma grave insuficiência cardíaca.

Romeu Tuma exerceu dois mandatos como senador por São Paulo. Na eleição deste ano, não conseguiu se reeleger.

Nascido na capital paulista em 4 de outubro de 1931, Tuma era bacharel em Direito pela PUC-SP e casado com a professora Zilda Dirane Tuma. Teve quatro filhos e nove netos.
Romeu Tuma ingressou na carreira policial aos 20 anos de idade. Durante o regime militar tornou-se investigador e delegado de polícia em 1967, quando ingressou no Departamento Estadual de Ordem Política e Social (Dops), um dos órgãos responsáveis pela repressão. Exerceu o cargo de Diretor de Polícia Especializada entre 1977 e 1983, quando assumiu a Superintendência da Polícia Federal em São Paulo.

Em 1983 assumiu a Superintendência da Polícia Federal de São Paulo e logo depois a Diretor-Geral do DPF, função em que permaneceu até 1992. Ainda nesse posto, acumulou os cargos de Secretário da Receita Federal e Secretário da Polícia Federal. Em 1991, também passou a ocupar uma vice-presidência da Organização Internacional de Polícia Criminal (OIPC-INTERPOL).
Permaneceu como Diretor Geral da PF até 1992, quando acumulou o cargo de Secretário da Receita Federal, no governo do presidente Fernando Collor. De 1992 a 1994, foi assessor especial do governador de São Paulo, com status de Secretário de Estado.

Entre os seus trabalhos policiais de maior repercussão, figuram a descoberta da ossada de um dos mais procurado criminoso de guerra nazista, Joseph Mengele, e a captura do mafioso italiano Thomazzo Buscheta.

Em 1994, disputou pela primeira vez uma eleição e foi eleito senador com mais de 5,5 milhões de votos. Em 2000, foi candidato à Prefeitura de São Paulo, mas terminou o pleito no quarto lugar. Nas eleições de outubro de 2002, recebeu 7.278.185 votos e novo mandato com vigência até 2011.

Foi o primeiro Corregedor Parlamentar do Senado Federal e era do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Casa.

Dois de seus filhos seguiram a carreira política. Romeu Tuma Júnior, que foi deputado estadual em São Paulo, e Robson Tuma, que foi deputado federal até 2006 e agora tenta a reeleição.

Polvo Paul, o guru da Copa do Mundo da África, morreu hoje na Alemanha

Polvo Paul

"Paul", o polvo vidente que previu todos os resultados dos jogos da Alemanha na Copa da África do Sul em 2010, morreu hoje, nesta terça-feira 26 de outubro, no aquário de Oberhausen, na Alemanha.

O polvo se deu bem em todos os palpites que fez para as sete partidas disputadas pela Alemanha: previu as vitórias contra Austrália, Gana, Inglaterra, Argentina e Uruguai e também as derrotas para a Sérvia e para a Espanha. Também acertou a vitória da Espanha sobre a Holanda na decisão.

Ele será cremado e uma estátua será construída em sua homenagem, já que Paul ficou mundialmente famoso após mostrar para as câmeras seus dons de adivinho.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Gregory Isaacs morreu hoje em Londres

Gregory Isaacs morreu hoje em Londres

Regueiro Gregory Isaacs morreu hoje em Londres. Mais conhecido por seu hit de 1982, "Night Nurse", o estilo suave de Isaacs, do reggae sintetizou o Lovers Rock sub-gênero, mas ele tinha vindo a registar desde que entrou no cenário da música jamaicana em sua adolescência. Isaacs carreira começou em 1960 e mais tarde ele ganhou destaque na década seguinte como um cantor cujas raízes sofredor canções lhe deu seu primeiro reconhecimento público.

O cantor de Reggae Gregory Isaacs morreu em sua casa em Londres, aos 59 anos após uma longa batalha contra o câncer. Sua família estava com ele até o fim.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Tony Curtis, astro de Hollywood nos anos 1950, faleceu hoje aos 85 anos

Ator que morreu: Tony Curtis

O ator americano Tony Curtis morreu em sua casa em Henderson, no estado de Nevada, segundo um porta-voz da família. Ele morreu na cama, por volta da meia-noite, de ataque cardíaco.

Tony Curtis, de 85 anos, foi um dos mais populares atores de Holywood nos anos 1950.
Ele estrelou filmes como "Quanto mais quente melhor" ("Some like it hot", de 1959), em que contracenou com Marilyn Monroe. Dirigido por Billy Wilder, o filme é considerado uma das melhores comédias de Hollywood.

Bonito e talentoso, Curtis foi um dos grandes astros de Hollywood nos anos 1950 e também um conhecido playboy naquela época. Ele se tornou famoso em grandes sucessos de bilheteria, como "A Embriaguez do Sucesso".

Tony Curtis desempenhou um papel memorável no clássico "Spartacus", em 1960, e foi indicado para o Oscar em 1958, por sua atuação em "Acorrentados". Atuou em mais de 140 filmes, mas parte de sua carreira foi prejudicada por problemas com cocaína e álcool.

Trajetória de Tony Curtis
Seu verdadeiro nome era Bernard Schwartz. Ele nasceu em Nova York, em 3 de junho de 1925, filho de imigrantes húngaros pobres.

Ele deixou a escola cedo, para entrar na Marinha na Segunda Guerra Mundial. Começou a atuar depois de dar baixa.

O ator era um namorador incorrigível, que namorou Marilyn Monroe e a Natalie Wood. Ele foi casado seis vezes -a primeira delas com a atriz Janet Leigh, que mais tarde ele admitiu que tinha objetivo publicitário.

Depois de se divorciar, casou com Christine Kaufman, que conheceu ao filmar "Taras Bulba".

Sua última mulher, Jill Vanderberg, era 45 anos mais nova que ele. Curtis era pai da atriz Jamie Lee Curtis, de quem viveu separado durante boa parte da vida. Ele admitiu que foi uma fracasso como pai.

Depois de parar de atuar, ele começou a se dedicar à pintura. Em 1989, vendeu obras no valor de mais de US$ 1 milhão em uma exposição em Los Angeles, na Califórnia. Curtis morava em Las Vegas, Nevada. Em 1989, ele lançou um vídeo em que dava dicas de exercícios físicos para pessoas com mais de 50 anos.

Ele também cuidava, com a ajuda de sua mulher Jill, de um santuário para cavalos vítimas de abandono ou abuso, na divisa dos estados da Califórnia e de Nevada.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Milionário morre ao cair de penhasco com patinete fabricado por sua empresa

Quem morreu hoje? Dono da Segway, Jimi Heselden

Morreu hoje o milionário britânico dono da empresa Segway foi encontrado morto no fundo de um penhasco com uma das duas rodas do patinete motorizado fabricado por sua companhia ao lado de seu corpo, segundo informações divulgadas pela polícia nesta segunda-feira.

Jimi Heselden, de 62 anos, que comprou a empresa norte-americana Segway e era presidente do Hesco Bastion, foi encontrado morto em um rio perto de Leeds, no norte da Inglaterra, no domingo.

A morte --descrita pela mídia como um "acidente bizarro" com o equipamento elétrico criado pela empresa, não está sendo tratada como suspeito.

Um patinete fabricado pela Segway foi encontrado perto do corpo do milionário. "É com grande tristeza que temos de informar que Jimi Heselden morreu em um trágico acidente perto de sua residência, em West Yorkshire", disse a companhia, em um comunicado.

Inventado por Dean Kamen, o patinete motorizado Segway ficou famoso quando o ex-presidente norte-americano George W. Bush pegou um deles para dar uma volta, mas acabou pulando fora em seguida, após não ter conseguido manter o controle.

Quem morreu hoje? Dono da Segway, Jimi Heselden

Heselden, um ex-mineiro que largou a escola aos 15 anos de idade, tornou-se um próspero homem de negócios, doando milhões de libras para a caridade. Neste mês, ele doou 10 milhões de libras (cerca de R$ 27 milhões) para um projeto comunitário de auxílio a regiões pobres.

De acordo com relatos da imprensa, Heselden era um dos homens mais ricos do Reino Unido, com uma fortuna de cerca de 166 milhões de libras (R$ 448 milhões).

Morreu hoje atriz de "Chiquititas" aos 36 anos

Morreu hoje atriz de
Romina Yankelevich (Romina Yan), conhecida por sua participação na novela "Chiquititas", morreu na capital argentina (Buenos Aires), aos 36 anos de idade nesta terça-feira, 28 de setembro.

A atriz argentina, era também dançarina e cantora. Após parada cardíaca, Romina Yan chegou morta ao hospital.

Casada e mãe de três filhos, a atriz era filha de Cris Morena, famosa produtora de TV - criadora da série "Chiquititas", e de Gustavo Yankelevich, diretor e também produtor de televisão.

A primeira aparição de Romina Yan na televisão argentina ocorreu em 1991, como dançarina no programa "Jugate conmigo". Dois anos depois, fez sua estreia como atriz na TV.

No final de 94, sua mãe criou "Chiquititas", novela exibida em vários países da América Latina.

Em 2002, Romina foi convocada pelo Disney Channel para apresentar o show infantil Playhouse Disney na Argentina.

Em 2007, Romina Yan atuou na última comédia romântica de Cris Morena, "Bella & Bestia", e em 2009 foi protagonista do seriado "Casi angeles".

Morreu hoje atriz de

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Morre Hoje - filho do fundador da TV Record, Paulo Machado de Carvalho Filho

Ele era filho de Paulo Machado de Carvalho, que dá nome ao estádio do Pacaembu e foi criador da Rede de Emissoras Unidas de Rádio e Televisão, embrião do que hoje é a Rede Record.

Ele era filho de Paulo Machado de Carvalho, que dá nome ao estádio do Pacaembu e foi criador da Rede de Emissoras Unidas de Rádio e Televisão, embrião do que hoje é a Rede Record.

Segundo o site da Associação dos Pioneiros, Profissionais e Inventivadores da Televisão Brasileira, ele começou a trabalhar com o pai aos 16 anos.

Paulo Machado de Carvalho Filho, que morreu nesta terça-feira em São Paulo
Carvalho Filho trabalhou na Rádio Panamericana, que depois virou Jovem Pan, e foi diretor da Rádio e TV Record entre 1952 e os anos 90, quando as ações das emissoras foram vendidas para o grupo do bispo Edir Macedo.

Nesse período, foi responsável pela contratação de artistas, implantação de programas e planejamento da grade.

Ele estava à frente da emissora quando foram ao ar programas como "Família Trapo", "Jovem Guarda" e "O Fino da Bossa" e os Festivais Musicais da Record.

O empresário, que também foi presidente da Abert (Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão) entre 1980 e 1982, foi responsável pela vinda ao Brasil de nomes como Louis Armstrong, Nat King Cole e Sammy Davis Jr.

O velório ocorre no Cemitério do Morumbi, na zona oeste São Paulo. O enterro será amanhã às 10h no mesmo local.

Segundo o site da Associação dos Pioneiros, Profissionais e Inventivadores da Televisão Brasileira, ele começou a trabalhar com o pai aos 16 anos.

Paulo Machado de Carvalho Filho, que morreu nesta terça-feira em São Paulo
Carvalho Filho trabalhou na Rádio Panamericana, que depois virou Jovem Pan, e foi diretor da Rádio e TV Record entre 1952 e os anos 90, quando as ações das emissoras foram vendidas para o grupo do bispo Edir Macedo.

Nesse período, foi responsável pela contratação de artistas, implantação de programas e planejamento da grade.

Ele estava à frente da emissora quando foram ao ar programas como "Família Trapo", "Jovem Guarda" e "O Fino da Bossa" e os Festivais Musicais da Record.

O empresário, que também foi presidente da Abert (Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão) entre 1980 e 1982, foi responsável pela vinda ao Brasil de nomes como Louis Armstrong, Nat King Cole e Sammy Davis Jr.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Quem morreu hoje: Morre cineasta francês Alain Corneau

Foto do Cineasta francês Alain CorneauMorre Alain Corneau, diretor francês responsável por "Forte Saganne" e "Noturno indiano". O cineasta faleceu na noite de domingo (29) aos 67 anos de idade, em Paris, segundo informou seu agente.

Em 1992, o filme "Todas as manhã do mundo" de Alain Corneau, que conta a história de um intérprete de viola no século XVII, foi muito bem sucedido ao ganhar o César - prêmio do cinema francês equivalente ao Oscar - de melhor filme.

Alain Corneau era também roteirista e produtor. Ele trabalhou com grandes nomes como o ator Gérard Depardieu.

Quem Morreu hoje: no twitter

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Chico Anysio corre risco de morrer

Chico Anysio não morreu, mas deixa recado de despedida para fãsChico Anysio, que em 2009 chegou a publicar uma mensagem de despedida em seu blog, volta a ter problemas de saúde. O humorista foi internado no último 11 por problemas no intestino.

Durante a recuperação de uma cirurgia para corrigir o problema, Chico Anysio foi diagnosticado com pneumonia. A doença está estável e ele permanece em observação no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Chico Anysio havia sofrido com uma pneumonia quando, no primeiro semestre de 2009, publicou a seguinte mensagem na Internet: "Deixo nove filhos: oito homens e uma princesa. A vida está aí para que a aproveitemos, mas a verdade é que estou de saída".

Por conta do recado, alguns fãs publicaram em seus blogs e perfis na Internet a mensagem: "Chico Anysio morreu". Esperamos que isso não aconteça por um bom tempo.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Morre o cineasta Joffre Rodrigues, filho do escritor Nelson Rodrigues

Morre o cineasta Joffre Rodrigues, filho do escritor Nelson Rodrigues

O produtor e diretor de cinema Joffre Rodrigues, 68, filho do escritor Nelson Rodrigues, morreu na noite desta quarta-feira, a poucos dias de completar 69 anos.

Ele estava internado no Rio, onde se recuperava de uma cirurgia no coração realizada há duas semanas.

A família ainda não decidiu onde o corpo será velado --Joffre era casado com Martha Rodrigues, com quem teve dois filhos. O diretor, primogênito de Nelson Rodrigues, vai ser cremado no Cemitério do Caju, no Rio.

Joffre estreou como diretor em 2006 no filme "Vestido de Noiva", baseada na peça homônima de seu pai e tendo como protagonistas Marília Pêra, Simone Spoladore e Letícia Sabatella. Como produtor, trabalhou em "O Monge e a Filha do Carrasco" (1995), "Boca" (1994), "Boca de Ouro" (1990), "A Falecida" (1965), "Maioria Absoluta" (1964) e
"Bonitinha mas ordinária" (1963).

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Produtor musical Mitch Miller morre aos 99 anos

Mitch Miller, o poderoso executivo musical norte-americano que orientou alguns dos maiores astros da música pop na década de 1950 e levou os EUA a cantarem com ele no programa de televisão Sing Along With Mitch, morreu aos 99 anos de idade.

Sua filha, Margaret Miller Reuther, disse ao jornal New York Times que Miller morreu no hospital Lenox Hill, de Nova York, após uma doença de curta duração.

Como chefe do departamento de artistas e repertório, primeiro na gravadora Mercury Records e depois na Columbia Records, Miller descobriu, contratou, produziu e foi mentor de alguns dos cantores mais populares dos anos 1950. Ele também brigou com muitos deles - o caso mais conhecido foi o de Frank Sinatra - e sua influência diminuiu com a ascensão do rock'n'roll, nos anos 1960.
Miller também fez sucesso com a própria banda e teve um single que virou número um nas paradas em 1955, The Yellow Rose of Texas. Seus álbuns de sucesso incluem vários discos feitos para serem acompanhados pelo canto dos ouvintes, tendência que acabou desembocando no programa de TV Sing Along With Mitch em 1961.

O programa teve grande audiência, ficou no ar até 1966 e converteu Miller em celebridade.
Nascido em 4 de julho de 1911, Miller passou a infância em Rochester, Nova York, e era oboísta de formação erudita. Depois de tocar e gravar com orquestras, entrou para a gravadora Mercury e injetou novo ânimo nas carreiras de Patti Page e Frankie Lane, que teve um grande sucesso com Mule Train, produzido por Miller.

Alguns anos depois, ele passou a trabalhar para a Columbia, e seu dom como identificador de talentos e produtor ajudou a converter a gravadora na mais importante no setor musical norte-americano. Nesse caminho, ele contribuiu para elevar à fama artistas como Rosemary Clooney, Tony Bennett, Jerry Vale, Marty Robbins, Johnny Mathis e Mahalia Jackson.

Ninguém negava o talento de marketing de Miller, mas muitos cantores disseram que ele era controlador demais e sacrificava a arte em nome das vendas, fazendo-os gravar canções que não faziam parte de seus gêneros típicos.

Frank Sinatra estava acostumado a escolher as canções que gravava e demonstrou desprezo aberto por Miller quando começaram a trabalhar juntos, no início dos anos 1950.
Mais tarde, outras gravadoras passaram a contratar artistas de rock que agradavam ao público mais jovem, e os artistas produzidos por Miller na Columbia começaram a perder espaço para eles.

"Não é música, é uma doença", disse ele certa vez, referindo-se ao rock.
Miller e sua mulher, Frances, tiveram três filhos. Frances morreu em 2000.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Morreu ator português António Feio

Ator que morreu hoje: português António Feio

António Feio (António Jorge Peres Feio), ator e diretor que se consagrou em Portugal, morreu terça-feira, 29 de Julho aos 55 anos. Nascido em Lourenço Marques, como era chamada Maputo, atual capital de Moçambique - colônia portuguesa até 1975, mudou-se para Lisboa com a família aos 7 anos.

Em Portugal, iniciou-se aos onze no teatro, com a peça de Miguel Torga. A partir daí participou de inúmeras peças tendo chegado também ao cinema e à televisão.

"Portugal está mais pobre! O mundo ficou mais vazio!", lamenta a fã de António, Maria Castro.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Usuária mais velha do Twitter morre aos 104 anos

Ivy Bean (@IvyBean104), considerada a usuária mais velha do Twitter, morreu nesta terça-feira (27) aos 104 anos. A britânica tinha 56,3 mil seguidores no site e 5.000 amigos no Facebook. Ivy, que era bisavó, morreu em um asilo de Barkerend, na Inglaterra, onde morou por três anos – a notícia foi publicada na própria conta dela no Twitter por administradores da casa de repouso.

A bisavó começou a ficar famosa quando começou a usar o Facebook, aos 102 anos de idade. Depois de ganhar fama na internet, ela chegou inclusive a conhecer Gordon Brown, ex-primeiro-ministro do Reino Unido, que deixou o poder recentemente – na época, como lembra o jornal Daily Mail, ela usou o Twitter para contar que havia usado o banheiro privativo do político.

Ela tentava postar ao menos uma vez por dia e, às sextas-feiras, costumava falar sobre peixe com batatas, seu prato predileto. Depois da morte, usuários do serviço a classificaram como "mulher maravilhosa" e "uma inspiração". Ivy trabalhou em tecelagens, mas estava aposentada desde 73, alguns anos depois da morte do marido, aos 75 anos.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Filho caçula da atriz Cissa Guimarães morre atropelado no Rio

Rafael Mascarenhas, 18, filho caçula da atriz da Cissa Guimarães, morreu atropelado nesta terça-feira após um acidente na Gávea, zona sul do Rio. A CGCom (Central Globo de Comunicação) confirmou que o jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no início da manhã de hoje no Hospital Municipal Miguel Couto, também na Gávea.

O Corpo de Bombeiros informou que o rapaz foi atropelado durante a madrugada por um veículo que trafegava no túnel Acústico, na Gávea. O motorista fugiu, e Rafael foi levado em estado grave para o hospital. Ele deu entrada na unidade às 2h30.

Médicos informaram que a causa da morte de Rafael foi hemorragia interna e politraumatismo. Ele chegou a passar por uma cirurgia, mas não resistiu e morreu ao final do procedimento médico.

O caso foi registrado na 15ª DP (Gávea). Policiais investigam se o rapaz estava andando de skate no túnel, que estava interditado para manutenção.

A polícia faz buscas pelo motorista que teria atropelado o jovem. Testemunhas disseram à polícia que dois carros estavam dentro do túnel na hora do atropelamento.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Ator James Gammon morre aos 70 anos nos EUA

Ator que morreu hojeO ator americano James Gammon morreu de câncer no fígado na última sexta-feira (16), em Costa Mesa, na Califórnia, nos Estados Unidos, aos 70 anos.
Ele era conhecido pelos filmes "Cowboy do Asfalto", "Silverado", "Rebelião em Milagro", "Garra de Campeões", "As Aventuras de Huck Finn" e "Wild Bill - Uma Lenda no Oeste".

Recentemente, Gammon também atuou nos filmes "Cold Mountain" e "Appaloosa - Uma Cidade Sem Lei".

Gammon fez ainda uma participação especial na série de televisão "Grey's Anatomy".

Gammon sofria de câncer no fígado e nas glândulas adrenais. Ele era casado com Nancy Jane Kapusta desde 1972.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Morre Gilberto Fernandes, intérprete do Papai Papudo

Morre Gilberto Fernandes, intérprete do Papai PapudoMorreu na manhã de hoje Gilberto Fernandes, o Gibe, que ficou famoso na década de 1980, quando interpretava o Papai Papudo, no programa do Bozo, exibido no SBT. Gibe tinha 75 anos e estava internado desde o dia 1º de julho no Instituto do Coração (Incor) do Hospital das Clínicas (HC), em São Paulo, onde passou por uma cirurgia cardíaca. Segundo a assessoria do Incor, ele estava com um estreitamento em uma válvula do coração. A operação foi realizada no último dia 7, mas Gibe não resistiu e morreu de falência múltipla dos órgãos.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Diretor e ator que morreu hoje, Fábio Pillar, é enterrado no Rio de Janeiro

Morreu hoje ator e diretor Fábio PillarMorreu na madrugada desta quarta-feira (14) o ator e diretor Fábio Pillar, de 50 anos, informou a assessoria do Hospital Doutor Badin, no Maracanã, na Zona Norte do Rio, onde ele estava internado. A causa da morte do artista não foi divulgada.

Um dos trabalhos de maior repercussão de Pillar foi o musical “Rádio Nacional – as ondas que conquistaram o Brasil”, que mostrava o dia a dia de uma família do subúrbio a partir dos sucessos tocados na Rádio Nacional. Ele atuou e dirigiu o espetáculo de grande sucesso em 2005.

Pillar também participou de novelas como “Pátria minha”, “Top model” e “Baila comigo”, além do humorístico “Zorra Total”.

O corpo do ator vai ser velado na capela 9 do Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. O enterro está previsto para as 14h desta quarta-feira (14).

terça-feira, 13 de julho de 2010

Morreu o norte-americano Harvey Pekar

Harvey Pekar -Cleveland, 8 de Outubro de 1939 — 12 de Julho de 2010- foi o autor da série de banda desenhada autobiográfica American Splendor

O criador de banda-desenhada Harvey Pekar, conhecido pela série de 'American Splendor' morreu segunda-feira, nos Estados Unidos. O artista tinha 70 anos.

De acordo com a polícia, o alerta foi dado pela mulher que o encontrou morto no chão, junto à cama, não sendo ainda conhecidas as causas da sua morte. Apenas se sabe que Pekar sofria de depressão.

O trabalho de Harvey Paker era biográfico e narrava o quotidiano de pessoas anónimas, com vidas aborrecidas ou angustiadas, com um sentido de humor negro e depressivo. Chegou a ser adaptado ao cinema e à televisão.


Morreu músico Paulo Moura: clarinetista morto será velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio

O corpo do clarinetista Paulo Moura, de 77 anos, será velado das 11h às 16h desta terça-feira (13) no Teatro Carlos Gomes, no centro do Rio, informa sua assessoria. Não foram divulgados detalhes sobre seu enterro.

Ele morreu de câncer, no fim da noite desta segunda-feira (12), na Clínica São Vicente, na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro. Paulo Moura estava internado desde o dia 4 de julho. Ainda não há informações sobre o enterro do músico.

Paulista de São José do Rio Preto, Paulo Moura nasceu no dia 15 de julho de 1932, numa família de instrumentistas. Aos 9 anos, ele pediu para estudar música e começou a tocar clarineta. Aos 14, ele entrou para o conjunto do pai.

Paulo Moura gravou o primeiro dos 40 discos em 1956. Ele chegou a integrar a orquestra do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Moura tocou com grandes nomes da MPB, como Elis Regina e Milton Nascimento.

Um dos saxofonistas e clarinetistas mais requisitados no Brasil e no exterior, Paulo Moura foi reconhecido no ano 2000 com o Grammy - o maior prêmio da música mundial, com seu trabalho "Pixinguinha: Paulo Moura e os Batutas”. Em 2009, ele se apresentou na Tunísia e no Equador e lançou o CD AfroBossaNova.

Morre o clarinetista Paulo Moura

Morreu na noite de ontem o clarinetista Paulo Moura, 77 anos, na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro. Paulo estava internado desde o dia 4 de julho e faleceu vítima de um câncer. Ainda não há informações sobre o enterro do músico.

O clarinetista era paulista de São José do Rio Preto, nascido no dia 15 de julho de 1932, numa família de instrumentistas. Aos 9 anos, ele pediu para estudar música e começou a tocar clarineta. Aos 14, ele entrou para o conjunto do pai.

Paulo Moura gravou o primeiro dos 40 discos em 1956. Ele chegou a integrar a orquestra do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e tocou com grandes nomes da MPB, como Elis Regina e Milton Nascimento.

Um dos saxofonistas e clarinetistas mais requisitados no Brasil e no exterior, Paulo Moura foi reconhecido no ano 2000 com o Grammy - o maior prêmio da música mundial, com seu trabalho "Pixinguinha: Paulo Moura e os Batutas”. Em 2009, ele se apresentou na Tunísia e no Equador., e lançou o CD AfroBossaNova.

Fonte: G1
Imagem: Divulgação

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Morre Ezequiel Neves, produtor musical que ajudou a revelar Cazuza

Morre Ezequiel Neves, produtor musical que ajudou a revelar CazuzaMorreu nesta quarta-feira (7), por volta do meio-dia, o produtor musical Ezequiel Neves, conhecido pelos amigos como Zeca. Ele foi amigo e um dos responsáveis por lançar a carreira musical de Cazuza, com quem escreveu músicas em conjunto, como "Exagerado", que teve a participação de Leoni, e "Codinome beija-flor", que contou também com Reinaldo Arias. Cazuza também faleceu nesta mesma data, há 20 anos.

A causa da morte do produtor foi tumor na cabeça, segundo Luiz Pissurnuo, seu secretário. Ezequiel estava doente havia cinco anos e internado havia seis meses na Clínica São Vicente, na Gávea, Zona Sul do Rio. Para João Barone, baterista da banda carioca Os Paralamas do Sucesso, Ezequiel era uma pessoa muito querida por todos no meio musical.

"Ele talvez seja o cara que contradiga aquela máxima de viver apenas 'dez anos a mil'. Ele viveu mil anos a mil. Era uma pessoa muito doce, uma figura importantíssima na cena musical e cultural, principalmente. Acho que agora ele vai descansar, mas um momento como este não deixa de ser dramático. Ele foi se encontrar com Cazuza nesse aniversário de 20 anos de morte do cantor", lamentou.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Morreu ator do filme "Juventude Transviada", Corey Allen

ator que morreu hoje: Corey AllenO ator Corey Allen, 75, morreu no último domingo de causas naturais em Hollywood. Ele ficou famoso por protagonizar uma briga de faca com James Dean no filme de 1955. Além de atuar, Allen também era produtor, roteirista e diretor de filmes e de televisão,

Em 1984 ganhou o prêmio Emmy de direção por "Hill Street Blues", série de drama policial norte-americano.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Morre o diretor Ronald Neame aos 99

Morre o diretor Ronald Neame aos 99O cineasta britânico Ronald Neame morreu na última quarta, em Los Angeles, em consequência de uma queda, segundo a rede BBC anunciou na sexta. Neame dirigiu "O Destino de Poseidon" (1971) e "O Dossiê Odessa" (1974) e foi assistente de Alfred Hitchcock em "Chantagem e Confissão" (1929).

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Morreu hoje José Saramago: Morre aos 87 anos o escritor português José Saramago, Nobel de Literatura em 1998

Morreu hoje José Saramago: Morre aos 87 anos o escritor português José Saramago, Nobel de Literatura em 1998Morreu hoje, sexta-feira (18) em Lanzarote (Ilhas Canárias, na Espanha), o escritor português José Saramago, aos 87 anos. Em 1998, Saramago ganhou o único Prêmio Nobel da Literatura em língua portuguesa.

A Fundação José Saramago confirmou em comunicado que o escritor morreu às 12h30 (horário local, 7h30 em Brasília) na sua residência dele em Lanzarote "em consequência de uma múltipla falha orgânica, após uma prolongada doença. O escritor morreu estando acompanhado pela sua família, despedindo-se de uma forma serena e tranquila".

O escritor nasceu em 1922, em Azinhaga, aldeia ao sul de Portugal, numa família de camponeses. Autodidata, antes de se dedicar exclusivamente à literatura trabalhou como serralheiro, mecânico, desenhista industrial e gerente de produção numa editora.

Começou a atividade literária em 1947, com o romance Terra do Pecado. Voltou a publicar livro de poemas em 1966. Atuou como crítico literário em revistas e trabalhou no Diário de Lisboa. Em 1975, tornou-se diretor-adjunto do jornal Diário de Notícias. Acuado pela ditadura de Salazar, a partir de 1976 passou a viver de seus escritos, inicialmente como tradutor, depois como autor.

Morreu hoje José Saramago: Morre aos 87 anos o escritor português José Saramago, Nobel de Literatura em 1998

Em 1980, alcança notoriedade com o livro Levantado do Chão, visto hoje como seu primeiro grande romance. Memorial do Convento confirmaria esse sucesso dois anos depois.

Em 1991, publica O Evangelho Segundo Jesus Cristo, livro censurado pelo governo português - o que leva Saramago a exilar-se em Lanzarote, onde viveu até hoje.
Entre seus outros livros estão os romances O Ano da Morte de Ricardo Reis (1984), A Jangada de Pedra (1986), Todos os Nomes (1997), e O Homem Duplicado (2002); a peça teatral In Nomine Dei (1993) e os dois volumes de diários recolhidos nos Cadernos de Lanzarote (1994-7).

O livro Ensaio sobre a Cegueira (1995) foi transformado em filme pelo diretor brasileiro Fernando Meirelles em 2008.

A primeira biografia de Saramago, do escritor também português João Marques Lopes, foi lançada neste ano. A edição brasileira de "Saramago: uma Biografia" chegou às livrarias no mês passado, com uma tiragem de 20 mil exemplares pela editora LeYa.

Segundo o autor, Saramagou chegou a pensar na hipótese de migrar para o Brasil na década de 1960. "Em cartas a Jorge de Sena e a Nathaniel da Costa datadas de 1963, Saramago considera estes tempos em que escreveu e reuniu as poesias que fariam parte de 'Os Poemas Possíveis' como desgastantes em termos emocionais e chega mesmo a ponderar a hipótese de migrar para o Brasil. Esta informação surpreendeu-me bastante, pois não fazia a mínima ideia de que o escritor chegara a ponderar a hipótese de emigrar para o Brasil e por a mesma coincidir com o período da história brasileira em que esteve mais iminente uma transformação socialista do país", disse Lopes em entrevista à Folha.com.


Bibliografia de José Saramago

Romances
Terra do Pecado, 1947
Manual de Pintura e Caligrafia, 1977
Levantado do Chão, 1980
Memorial do Convento, 1982
O Ano da Morte de Ricardo Reis, 1984
A Jangada de Pedra, 1986
História do Cerco de Lisboa, 1989
O Evangelho Segundo Jesus Cristo, 1991
Ensaio Sobre a Cegueira, 1995
Todos os Nomes, 1997
A Caverna, 2000
O Homem Duplicado, 2002
Ensaio Sobre a Lucidez, 2004
As Intermitências da Morte, 2005
A Viagem do Elefante, 2008
Caim, 2009

Poemas
Os Poemas Possíveis, 1966
Provavelmente Alegria, 1970
O Ano de 1993, 1975

Viagens
Viagem a Portugal, 1981

Infantil
A Maior Flor do Mundo, 2001

Crônicas
Deste Mundo e do Outro, 1971
A Bagagem do Viajante, 1973
As Opiniões que o DL Teve, 1974
Os Apontamentos, 1977

Peças teatrais
A Noite
Que Farei com Este Livro?
A Segunda Vida de Francisco de Assis
In Nomine Dei
Don Giovanni ou O Dissoluto Absolvido

Diário e Memórias
Cadernos de Lanzarote (I-V), 1994
As Pequenas Memórias, 2006

Contos
Objecto Quase, 1978
Poética dos Cinco Sentidos - O Ouvido, 1979
O Conto da Ilha Desconhecida, 1997

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Ator que morreu hoje: Viana Júnior, o Apolônio de ‘A praça é nossa’

Ator que morreu hoje: Viana Júnior, o Apolônio de A praça é nossaMorreu nesta segunda-feira (7), aos 68 anos, o comediante Viana Júnior, conhecido pelo papel do personagem Apolônio, do humorístico “A praça é nossa” (SBT).

O comediante faleceu em sua residência, em Itanhaém, no litoral paulista. Segundo informações do Cemitério Municipal de Itanhaém, ele morreu de insuficiência múltipla de órgãos. O enterro está marcado para as 17 h desta segunda-feira.

O ator esteve afastado do programa nos últimos anos por motivos de saúde. Ele sofria de ataxia cerebelar, doença que lhe impedia de ter controle sobre seus movimentos musculares.

Viana Júnior ganhou fama no humorístico ao contracenar com a personagem Velha Surda, interpretada pelo comediante Rony Rios (1936-2001).

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Pai de Milton Nascimento morreu hoje em Três Pontas (MG)

Pai de Milton Nascimento morreu hoje em Três Pontas (MG)Morreu hoje o pai do cantor e compositor Milton Nascimento, Josino de Brito Campos, 93. Ele estava internado havia dez dias na UTI da Santa Casa de Misericórdia em Três Pontas, no sul de Minas Gerais.


Campos morreu de insuficiência respiratória após contrair pneumonia. O cantor, que mora no Rio de Janeiro, está na cidade para acompanhar o velório e o enterro.

Segundo o site oficial de Milton, Josino era pai adotivo do cantor.

Nascido no Rio, Milton se mudou para Juiz de Fora (MG) após a morte da mãe para morar com a avó.Não se adaptou e acabou adotado por Lília, filha de sua madrinha e mulher de Josino. Foi quanto o futuro artista se mudou para Três Pontas.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Andrei Voznesensky morre aos 77 anos

Andrei Voznesensky morre aos 77 anosUm dos grandes poetas russos do século 20 morreu ontem em seu apartamento em Moscou. Publicou seu primeiro livro em 1958 e se tornou popular na URSS nos anos 1960, no período pós-stalinista. Lotava estádios com leituras na Rússia e irritava governantes com rimas incomuns e metáforas.

Aos 103, morre bailarino japonês Kazuo Ohno

Aos 103, morre bailarino japonês Kazuo OhnoO dançarino japonês Kazuo Ohno, saudado como um dos maiores nomes da dança, morreu ontem, aos 103 anos, de insuficiência respiratória. Ele estava internado em um hospital da cidade de Yokohama, no Japão. Ohno ficou conhecido em todo o mundo como o grande mestre do butô, técnica de dança que ele ajudou a cunhar na década de 1960, quando trabalhou ao lado do diretor Tatsumi Hijikata.

A expressão marginal, que surgiu no Japão logo após o grande baque da 2ª Guerra, recuperava tradições milenares do país e absorvia influências de diversos movimentos artísticos de vanguarda, como o surrealismo e o expressionismo alemão. Mostrado ao público japonês pela primeira vez em 1959, com o espetáculo Kinjiki, o butô chocou ao resvalar em temas como o sexo e a violência.

Não por acaso, o estilo ganhou o nome de Ankoku Butoh, que pode ser traduzido como dança da escuridão profunda. "Kazuo tornou-se sinônimo de butô e fez o butô varrer o mundo. Dedicou-se a nos mostrar como as trevas se comunicam com a luz e a apagar os clichês que nos impedem de ver melhor quem somos e o mundo em que vivemos. Essa é uma tarefa sem fim. Por isso, ele não finda também", comentou a crítica do Estado, Helena Katz.

Nascido na cidade de Hakodate, em 1906, Ohno era filho do chefe de uma cooperativa de pescadores e de uma instrumentista, que gostava de tocar para ser acompanhada pelos filhos. Estudou educação física, mas teve suas convicções abaladas ao assistir a uma apresentação da dançarina de flamenco Antonia Mercé y Luque, conhecida como "La Argentina".

terça-feira, 1 de junho de 2010

Escritor Wilson Bueno morreu hoje

Escritor que morreu hoje: Wilson BuenoMorre hoje o escritor Wilson Bueno. Ele foi encontrado morto em sua casa, em Curitiba, nesta terça-feira (1º), segundo informações de sua editora, a Planeta Brasil.

Segundo informações da editora, um irmão de Bueno, que cuidaria dos negócios do escritor que morreu, ligou às 3h desta terça para informar que o escritor teria sido morto com uma facada.

A polícia, de acordo com a editora, ainda não sabe o que aconteceu, mas estaria desconfiando de assalto.

A principal obra de Bueno é "Mar paraguayo", de 1992, escrito em "portunhol", uma mistura de espanhol, português e guarani, onde se conta a vida de uma sofrida mulher e "el viejo".

Pela editora Planeta ele publicou "A copista de Kafka", "Amar-te a ti nem sei se com carícias" e "Cachorros do céu". O escritor tinha entregue ainda um original, ainda inédito, chamado "Mano, a noite está velha", ainda sem data para publicação.


Livros do escritor Wilson Bueno (obras publicadas):

Bolero’s Bar (Curitiba: Criar Edições, 1986)
Manual de Zoofilia (Florianópolis, Noa Noa, 1991)
Ojos de água (Argentina: El Território, 1992)
Mar Paraguayo ( São Paulo: Iluminuras, 1992)
Cristal (São Paulo: Siciliano, 1995)
Pequeno tratado de brinquedos (São Paulo: Iluminuras, 1996)
Medusario-Mostra de poesia latino americana ( Antologia, México: Fondo de cultura econômica, 1996)
Os chuvosos (Curitiba: Tigre do Espelho, 1999)
Meu Tio Roseno, a cavalo (São Paulo: Editora 34, 2000)
Amar te a ti nem sei se com caricias (São Paulo: Editora Planeta, 2004)
Cachorros do Céu (livro de São Paulo: Editora Planeta, 2005)
Diário Vagau (Curitiba, Travessa dos Editores, 2007)
Canoa Canoa (Argentina: Verbena Edicciones, 2007)

g1 (link)

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Louise Bourgeois morreu hoje aos 98 anos

Louise Bourgeois: artista francesa que morreu hojeLouise era conhecida por seus trabalhos abstratos e surrealistas, mas ganhou fama tardiamente, aos 70 anos, depois que o Museu de Arte Moderna de Nova York apresentou uma retrospectiva da carreira dela.

Siga o @MorreuHoje no Twitter

Em 96, a Bienal de São Paulo mostrou uma de suas aranhas de bronze, com mais de nove metros de altura, hoje exposta no Parque do Ibirapuera.

Bourgeois dizia que, com seu trabalho, queria preocupar as pessoas, incomodá-las. Deixou exemplares espalhados em várias partes do mundo.

Morre no Rio o coreógrafo Juan Carlos Berardi

Morre no Rio o coreógrafo Juan Carlos BerardiO coreógrafo Juan Carlos Berardi morreu na noite de sábado (29), aos 76 anos, no Rio de Janeiro. Ele estava internado num hospital em Botafogo, na Zona Sul. A causa da morte não foi divulgada. O corpo de Berardi será cremado na tarde desta segunda-feira (31), no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, na Zona Portuária.

Juan Carlos foi o responsável por uma série de trabalhos na TV Globo. Entre eles, a abertura do Fantástico, de 1973, e do programa “Faça Humor, Não Faça Guerra”. Berardi também trabalhou em “Vinícius Para Criança” e “Chico City”.



globo.com

sábado, 29 de maio de 2010

Ator Dennis Hopper morre aos 74 anos

Ator Dennis Hopper morre aos 74 anosO ator americano Dennis Hopper, mais conhecido por dirigir e estrelar o clássico de 1969 "Sem destino" ("Easy Rider"), morreu às 12h15m (horário de Brasília) deste sábado em decorrência de um câncer de próstata. Hopper tinha 74 anos e morreu em casa, em Los Angeles, cercado por familiares e amigos. As informações são de Alex Hitz, amigo próximo ao ator.

Em uma diversificada carreira de mais de 50 anos, Hopper apareceu ao lado de seu mentor James Dean em "Juventude transviada", na década de 50, e interpretou maníacos em filmes como "Apocalipse now", "Veludo azul" e "Velocidade máxima". O ator foi indicado duas vezes ao Oscar: pelo roteiro de "Sem destino" (junto com o ator Peter Fonda e Terry Southern) e pela interpretação de um professor de basquete de um colégio no drama "Momentos decisivos", de 1986.

"Sem destino", considerado um dos melhores filmes do cinema americano, fez parte de um movimento que revelou jovens talentos como Francis Ford Coppola e Martin Scorsese. De baixo orçamento, "Sem destino" levou aos cinemas o consumo de maconha, tráfico de cocaína e popularizou os motoqueiros cabeludos. "Nós tínhamos atravessado a década de 60 e ninguém tinha feito um filme sobre fumar maconha sem matar um monte de enfermeiras", disse Hopper è revista "Entertainment Weekly" em 2005. "Eu queria que 'Sem destino' fosse como uma cápsula do tempo sobre aquele período", completou.

Dennis Hopper e Peter Fonda se juntaram na tela por um até então desconhecido Jack Nicholson como um advogado alcoólatra, mas o set de filmagens não foi nada harmonioso. Hopper tratou a todos com violência e Fonda o descreveu mais tarde como um "pequeno fascista louco". A amizade dos dois acabou ali.

Hopper descobriu a doença em setembro do ano passado, mas continuou trabalhando até o fim. Hopper vivia o personagem Ben Cendars na série de TV "Crash" e estava se dedicando a um livro que mostra suas fotografias. Os últimos meses do ator foram consumidos por um conturbado divórcio com sua quinta mulher, Victoria Duffy. Seus muitos casamentos incluem uma união de apenas oito dias com Michelle Phillips, do grupo The Mamas and The Papas, na década de 70. Hopper deixa quatro filhos.