sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Morre no Rio ex-ministro da Saúde Jamil Haddad

O presidente de honra do PSB e ex-ministro da Saúde, Jamil Haddad, morreu na madrugada desta sexta-feira (11), no Rio de Janeiro. Aos 83 anos, Haddad foi vítima de um enfarte.

O velório será realizado na capela 2 do Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro, a partir das 12h. O sepultamento está previsto para às 17h.



Nascido em 1926 no Rio, o primeiro cargo de Haddad na política foi o de deputado estadual. Com a reorganização partidária de 1979, participou da fundação do PDT. Em 1983 foi escolhido, pelo governador Leonel Brizola, para assumir a Prefeitura do Rio de Janeiro. Dois anos depois, participou da reorganização do PSB, tendo sido eleito presidente, no primeiro encontro nacional da agremiação.

Em 1986, Jamil Haddad assumiu a vaga deixada por Saturnino Braga no Senado. Quatro anos depois foi eleito deputado federal.

No governo de Itamar Franco, Jamil Haddad foi nomeado para o Ministério da Saúde, onde ficou até 1993. Durante a gestão lutou pela implantação do SUS (Serviço Único de Saúde) e foi o autor do decreto dos medicamentos genéricos. Já durante o governo Lula, Haddad foi convidado a assumir a direção geral do INCA, cargo que ocupou durante cinco meses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário